Posts com a Tag ‘Inatel’

Avanço da tecnologia no Brasil acontece com estudantes !

sábado, 30 de julho de 2016

Um grupo de estudantes do Inatel criou uma plataforma de Internet das Coisas online e gratuita, a Taurus System, que permite ligar qualquer hardware à Internet utilizando microcontroladores como placas Raspberry Pi ou Arduino e até mesmo planilhas de Excel para enviar dados.

Criado por Leonardo Gonçalves, José Carlos Costa Júnior e Guilherme Cassemiro, estudantes de engenharia de Telecom e engenharia de automação, o projeto teve como inspiração a plataforma romena Device Hub e serviria inicialmente para automação.

No entanto, os desenvolvedores perceberam que poderiam alcançar outras verticais, como agricultura, comércio e smart cities. Em um dos testes, uma fazenda de plantação de café usou o Taurus System para controle de temperatura em um secador de café, explicou Leonardo Gonçalves a MOBILE TIME. O teste deu certo e está em uso há dois meses.

Agora, o grupo com os três estudantes se chama AlfaTech. Eles passaram por um processo de pré-incubação na Inatel e começam a procurar parcerias para desenvolver a plataforma. Uma delas, já fechada, é com a Escola Técnica Estadual (ETE) de Santa Rita do Sapucaí, cidade a 406 km de Belo Horizonte que possui campus do Inatel. O AlfaTech será apresentado para alunos do último ano do curso técnico de eletrônica.

Para o futuro, Gonçalves explica que o AlfaTech estuda manter o Taurus System com dois modelos: um gratuito para até dez equipamentos; e outro premium, para clientes que buscarem ter uma consultoria com a empresa. Outra forma de monetizar que os estudantes vislumbram com a plataforma será uma loja virtual, com manuais para criar e conectar objetos à IoT. Contudo, o desenvolvedor ressalta que o intutito será continuar com a plataforma gratuita.

O Taurus System pode ser acessado por qualquer dispositivo (smartphone, tablet ou PC). Para tanto, o usuário pode enviar e-mail ao grupo – pedindo login, número serial e senha – ou se registrar no site. Atualmente, o sistema da AlfaTech consegue acessar gráficos de aparelhos e sensores conectados à plataforma, como sensor de umidade relativa do solo, sensor de temperatura e sensor de luz. Nas próximas atualizações, o sistema deve ganhar gráficos responsivos e temporizador para fazer tarefas.

 

Fonte: http://www.mobiletime.com.br/30/05/2016/

estudantes-de-minas-gerais-criam-sistema-gratuito-de-internet-das-coisas/440482/news.aspx

5G no Brasil – Será ? Quando ?

quinta-feira, 7 de julho de 2016

 

O que parecia impossível, começa a se tornar realidade: parceria entre empresas impulsionará o desenvolvimento do 5G no Brasil.

 

A National Instruments anunciou recentemente sua parceria com o Inatel para a exploração de novas tecnologias de rede sem fio 5G no Brasil, utilizando o ambiente de projeto oferecido pelo LabVIEW Communications e a plataforma de rádio definida por software, o RDS.

“As futuras redes de comunicações móveis 5G demandam uma flexibilidade única. A utilização de uma plataforma que permite integrar a agilidade do desenvolvimento por meio de um software com a capacidade de processamento de hardware é a chave para a pesquisa. E é exatamente isso que o LabVIEW Communications e a USRP RIO oferecem. Estamos gratos por contar com a National Instruments nesse desafio e tornar o 5G uma realidade no Brasil”, afirma Luciano Mendes, professor e coordenador de pesquisa do Centro de Referência em Radiocomunicações do Inatel.

Fundado em 1965, o Inatel atua como centro de excelência e referência no ensino e pesquisa na área de engenharia e tecnologia. Atualmente, abriga o centro de referência em radiocomunicações para atender as demandas nacionais para as áreas de comunicação via satélite, enlaces ponto-a-ponto de longo alcance e grande capacidade, acesso à banda larga sem fio e redes móveis de quinta geração, realizando trabalho constante para se consolidar no Brasil e exterior como celeiro de inovação promovida por grandes talentos.

O Inatel realiza trabalhos em conjunto com instituições de pesquisa europeias, em especial com a Universidade de Dresden, na Alemanha, para a padronização e desenvolvimento do 5G. Pesquisadores brasileiros e alemães desenvolvem um modem, que pode atender aos vários cenários de aplicação da quinta geração de comunicação móvel.

“O Inatel é uma das mais renomadas instituições de pesquisa e ensino do Brasil na área de telecomunicações. Nós temos certeza que essa parceria trará uma grande contribuição para definição das tecnologias que serão escolhidas no 5G”, conclui Alexsander Loula, Gerente de Desenvolvimento de Negócios da National Instruments.

 

Para nós, a expectativa é grande !

 

Fonte: http://ipnews.com.br/parceria-entre-empresas-impulsionara-o-desenvolvimento-do-5g-no-brasil/