Posts com a Tag ‘Huawei’

General Electric economizará US$ 500 milhões com internet industrial

domingo, 4 de setembro de 2016

 

Um executivo da General Electric revelou à agência Reuters que a companhia deverá economizar US$ 500 em 2016 graças à internet industrial. A GE também anunciou, em uma coletiva de imprensa realizada na China, que firmou uma parceria com a Huawei para desenvolver sua estratégia nesse mercado. Internet industrial é como a GE chamou a fusão das tecnologias Big Iron e Big Data para criar máquinas que empregam os chamados dados inteligentes. Uma das maiores fabricantes de motores a jato e locomotivas diesel do mundo, a GE deseja se conectar a essas máquinas usando a internet ao produzir dados que podem melhorar a produtividade, reduzir as emissões de poluentes e o gasto com combustível. A companhia também inaugurou um espaço digital em Xangai nesta quarta-feira (20), onde planeja incubar novas startups e manter desenvolvedores trabalhando em novas aplicações com essa tecnologia. Quanto à parceria com a Huawei, por enquanto as companhias não divulgaram detalhes. Fonte: Reuters

Matéria completa:   http://corporate.canaltech.com.br/noticia/empresas-tech/

general-electric-economizara-us-500-milhoes-com-internet-industrial-73951/

 

Huawei e Telefônica fecham acordo de inovação para rede 5G

domingo, 21 de agosto de 2016

A empresa chinesa Huawei e a Telefônica, assinaram um acordo para o desenvolvimento conjunto da próxima rede de acesso (NG-RAN) da quinta geração de redes móveis. A parceria representa mais um passo da cooperação 5G entre as empresas, que foi iniciada no ano de 2015. Com a nova rede, os usuários poderão desfrutar de maior e melhor conectividade, beneficiando o desenvolvimento da internet móvel e da Internet das Coisas (IoT). Atualmente há diversos aplicativo que precisam de uma taxa de transferência alta, baixa latência e conexão massiva. Com isso, há uma necessidade de revolução na atual rede de celular. Empresas de telecomunicações estão procurando maneiras para aumentar a cobertura e a capacidade da rede, além de reduzir o custo e simplificar a manutenção, economizando energia e melhorando a eficiência e a flexibilidade. “A Telefônica possui compreensão das futuras tendências da rede móvel, enquanto a Huawei está investindo nas principais tecnologias para habilitar a inovação 5G. A cooperação entre Telefônica e Huawei ajudará a construir um mundo melhor e mais conectado”, disse David Wang, presidente de Rede Wireless da Huawei. Já o Chefe do Departamento de Tecnologia do Telefonica Group, Enrique Blanco, afirmou que a companhia está feliz com o novo acordo com a Huawei, visto que mantarão a cooperação na 5G e na próxima geração RAN. “A colaboração com a Huawei permite o compartilhamento de requisitos e experiências, além de focar no fornecimento das soluções nas redes avançadas”, destacou Blanco. A empresa chinesa já acumula uma experiência de seis anos em pesquisa com a 5G. A companhia se unirá com mais parceiros da indústria de telecomunicações para que juntas possam criar um ecossistema 5G e transformá-lo em realidade. Via Maxpress

Matéria completa:  http://corporate.canaltech.com.br/noticia/telecom/huawei-e-telefonica-fecham-acordo-de-inovacao-para-rede-5g-73679/

 

5G: Huawei acabou a sua primeira fase de testes com nova geração de transmissão de dados

sábado, 20 de agosto de 2016

A Huawei concluiu em Chengdu, na China, os testes com macrocélulas externas que verificaram tecnologias “habilitadoras essenciais” e interface aérea integrada para a 5G.

Segundo informou a companhia nesta sexta, 15, trata-se da conclusão da primeira fase de testes de campo definidos pelo IMT-2020 5G Promotion Group, projeto lançado pela Academia de Tecnologia da Informação e Comunicação (CAICT), entidade chinesa que busca esforços conjuntos para promover o futuro padrão, incluindo testes de campo e do ecossistema móvel.

 A tecnologia de interface aérea foi implantada com os três recursos como base: Orthogonal Frequency Division Multiplexing (F-OFDM), Sparse Code Multiple Access (SCMA) e Polar code. Na interface de antenas, o sistema de múltiplas saídas e entradas multiusuários (MU-MIMO) conseguiu velocidades de 3,6 Gbps por célula usando 100 MHz de largura de banda, além de suportar 24 usuários e até 24 camadas paralelas de transmissão. A Huawei também testou o modo Full Duplex para fornecer capacidade de cancelamento com autointerferência.

Serão três fases entre 2016 e 2018. Segundo a fornecedora, a empresa colaborou com o CAICT, China Mobile, China Unicom e China Telecom para explorar a tecnologia com melhor eficiência espectral e capacidades “massivas” de link.

 

Fonte:  http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/huawei-completa-primeira-fase-de-testes-com-5g

Tecnologia, Smart Cities, e a Internet das Coisas – Huawei apresenta estudo global

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Durante o Safe City Summit 2016, evento realizado nos dias 17 e 18 de maio, em Dubai, a Huawei apresentou o estudo global “Cidades Seguras: Uma Revolução Estimulada pela Nova TIC” que destaca as inovações tecnológicas que auxiliam a existência de cidades inteligentes e seguras.

O estudo, realizado em parceria com IHS Critical Communications Group  refere que um projeto de cidade segura é focado na segurança mas visa também ajudar a resolver problemas nas mais diversas áreas, desde os serviços de emergência à energia ou ao transporte. Estes projectos devem também envolver e promover a colaboração de todos os agentes, quer governamentais, quer empresariais, quer das pessoas que vivem e trabalham nas cidades.

A Huawei afirma que as tecnologias que estão na base de uma cidade inteligente e segura são a vídeo-vigilância, LTE e soluções de comando e controlo mas que a Internet das Coisas (IoT) vai ter, sem dúvida, um impacto muito significativo, levando a uma revolução na forma como as cidades estão organizadas.

O IoT vai originar um crescente número de equipamentos e serviços conectados sendo que os mesmos podem ser integrados nas soluções de controlo das cidades e os dados gerados podem, em conjunto com soluções de Big Data e Analytics, ajudar a melhorar a tomada de decisão.

“As cidades modernas enfrentam diversos desafios à medida que a população continua a crescer e o desenvolvimento urbano a se expandir. Isso serve como alerta para que a inovação seja considerada essencial na obtenção de serviços de resposta às emergências mais eficientes e processos mais rápidos no combate às ameaças da segurança pública”, explicou, em nota à imprensa, Thomas Lynch, diretor do IHS Critical Communications Group.

A Huawei indicou que já implementou com sucesso soluções em todo o mundo para ajudar a melhorar os níveis de segurança pública em mais de 100 cidades, de mais de 30 países. Durante o Safe City Summit 2016, KhamisMattar Al Mazeina, da Polícia de Dubai partilhou um dos casos de sucesso com a colaboração da Huawei que permite ter 115 serviços inteligentes acessíveis ao público em todas as esquadras da polícia.

“As novas tecnologias estão redefinindo a infraestrutura da cidade segura. Acreditamos que a visualização e a convergência são componentes importantes das soluções para a cidade segura.”, disse em comunicado Edwin Diender, vice-presidente do segmento para governos e serviços públicos da Huawei. “A colaboração é a chave para garantir uma maior segurança para a população. A Huawei criou uma plataforma de TIC e um ecossistema de parceiros abertos para reunir algumas das equipas mais qualificadas e experientes da indústria e as tecnologias necessárias para a criação de uma ampla gama de soluções confiáveis para a cidade segura”, acrescentou o executivo da companhia chinesa

Leia mais em http://www.bitmag.com.br/2016/05/huawei-apresenta-estudo-sobre-cidades-inteligentes-e-seguras/#95wzSjpmphZtqElo.99